segunda-feira, 29 de outubro de 2007

Amigos


"Escolho meus amigos não pela pele ou outro arquétipo qualquer, mas pela pupila.
Tem que ter brilho questionador e tonalidade inquietante.
A mim não interessam os bons de espírito nem os maus de hábitos.
Fico com aqueles que fazem de mim louco e santo.
Deles não quero resposta, quero meu avesso.
Que me tragam dúvidas e angústias e agüentem o que há de pior em mim.
Para isso, só sendo louco.
Quero os santos, para que não duvidem das diferenças e peçam perdão pelas injustiças.
Escolho meus amigos pela alma lavada e pela cara exposta.
Não quero só o ombro e o colo, quero também sua maior alegria.
Amigo que não ri junto, não sabe sofrer junto.
Meus amigos são todos assim: metade bobeira, metade seriedade.
Não quero risos previsíveis, nem choros piedosos.
Quero amigos sérios, daqueles que fazem da realidade sua fonte de aprendizagem, mas lutam para que a fantasia não desapareça.
Não quero amigos adultos nem chatos.
Quero-os metade infância e outra metade velhice!
Crianças, para que não esqueçam o valor do vento no rosto; e velhos, para que nunca tenham pressa.
Tenho amigos para saber quem eu sou.
Pois os vendo loucos e santos, bobos e sérios, crianças e velhos, nunca me esquecerei de que "normalidade" é uma ilusão imbecil e estéril".

Oscar Wilde

Um Alô para os Governantes


Em uma revista médica com artigos científicos, encontrei um que me chamou a atenção.
"Hipertensão e exercício: Custos do Tratamento ambulatorial, antes e após a adoção da prática regular e orinetada de condicionamento físico", Autores: Lívia Maria de Castro Rolim; Sandra Lia do Amaral e; Henrique Luiz Monteiro.
O Artigo trata da questão dos custos que são destinados aos pacientes com hipertensão antes e após a adoção das práticas esportivas. Esse estudo foi realizado na cidade de Bauru, SP.
O que é interessante é o fato de que o estudo comprovou que pacientes com hipertensão que adotam as práticas de atividade física durante um ano não só resultou na queda da Pressão Arterial como também nos custos relacionados às consultas médicas e outros serviços em torno de 28%. Nas despesas com exames foi uma redução de 45% e na distribuição de medicamentos de 25%.
Ou seja, um trabalho de prevenção bem feito promove não apenas a qualidade de vida, mas tras ao município benefícios, pois uma vez reduzidos os custos com determinados serviços, estes poderão ser alocados em outros programas de prevenção ou na melhoria dos serviços públicos.

A prática de atividades físicas, "casada" com uma alimentação equilibrada não só reduz custos, como melhoria a saúde de qualquer inidvíduo.

José Guimarães: Capes, Pós Graduação e Patentes


Recentemente li numa revista médica uma entrevista com o atual presidente da Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior), Jorge de Almeida Guimarães. E um dos pontos que mais me chamou a atenção foi a questão de falta de investimentos em pesquisas e como deixamos de patentear diversas descobertas. Vou transcrever agora o que diz este senhor.

“Não temos essa tradição (empresas investirem em pós-graduação). A Petrobras, por exemplo, precisa de milhares de pessoas na área de exploração de petróleo e gás e vem reclamar da gente (Capes) que não existe pessoal qualificado. Aproveitamos para dizer a eles que invistam em bolas de pós-graduação, que aí dá para resolver (hummm...será que é por isso que há tantos estrangeiros na coordenação das grandes obras da Petrobras???). Esse problema da Infraero com os controladores de vôo, por exemplo, a Capes poderia resolver isso em dois tapas. A gente chama os melhores professores, cria um mestrado profissional e, em um ano, resolvemos o problema (diga a verdade: para dizer algo assim, tem que ter ciência do que diz, não?). É simples (!!!). Mas eles teriam de bancar. Não dá para a Capes financiar tudo. Mas falta essa visão (a mesma que EUA, Europa e Japão possuem).”

Agora o pior:

“A Petrobras, por exemplo, não faz patente (!!!). a Unicamp tem mais patentes que a Petrobras. No mundo desenvolvido, só 2% das patentes registradas são de origem acadêmica. O restante é de empresas. O Brasil não tem essa tradição. O motor a álcool, por exemplo, não foi patenteado. Todo mundo, hoje, produz motor a álcool e o país não ganha um tostão com isso (!!!).”

Revista: Pesquisa Médica – Do Laboratório à Prática Clínica. Número 3 – Jul-Set/2007.

E depois ficamos discutindo sobre a patente de nomes como cachaça, açaí e etc, que europeus, americanos, japoneses simplesmente registram como se fossem, pasmem, deles (!!!).

sexta-feira, 19 de outubro de 2007

A Vitória Requer Espera


Ao chegar em casa, depois de haver assistido a uma ópera, certa senhora abastada notou que sua jóia de alto valor não se encontrava mais presa ao vestido.

Ficou apreensiva porque a recebera do esposo há poucas semanas. Era preciso recuperá-la.

Julgando-a perdida no carro, desceu as escadas e foi à garagem. Abriu o carro, examinando-o cuidadosamente em cada cantinho, mas nada! O que fazer? Já se fazia tarde e, então, o mais sensato seria deixar para o dia seguinte as novas buscas e providências.

Antes de dormir, ainda deu mais uma boa olhadela no quarto de vestir para ver se a encontraria ali. Tudo em vão. Aquela foi uma noite de insônia... Nas primeiras horas da manhã seguinte, aquela senhora fez uma ligação para o teatro onde estivera na véspera e foi gentilmente atendida pelo gerente a quem contou, com detalhes, a respeito do ocorrido.

Disse-lhe que estava certa de haver perdido durante o espetáculo da noite anterior a sua jóia de valor incalculável, um broche de ouro cravejado de brilhantes. Sobretudo, era um presente do marido! O gerente, demonstrando todo o interesse em colaborar na busca, pediu-lhe que permanecesse na linha, enquanto faria as verificações de praxe. Saiu então à procura do administrador, a quem contou a história indagando, em seguida, a respeito do possível aparecimento da jóia em meio aos papéis retirados do chão do teatro.

O administrador informou prontamente que a jóia havia sido encontrada e guardada em lugar seguro.

Voltando ao telefone para transmitir a feliz notícia, o gerente constatou que a senhora já havia desligado. Como não havia revelado seu nome, endereço ou número do seu telefone, não foi impossível encontrá-la para lhe entregar a jóia que tanto desejou recuperar.

Quantas pessoas buscam a Deus pedindo alguma coisa de muita importância, mas não ficam na linha aguardando a resposta.

Desanimam depressa demais e vão em busca de outra solução. Para se conseguir vitórias materiais, intelectuais e, sobretudo, espirituais é imprescindível que se saiba esperar. A falta de paciência na espera pode levar alguém a precipitações, cujas conseqüências conduzem a sofrimentos ou prejuízos que poderão acompanhá-la pelo resto da vida.

Diabetes

O que é a Diabetes?
É uma doença que afeta diretamente a captação de glicose pelas células. Ou seja, as células param de receber a glicose necessária para realizar suas funções, uma vez que a glicose é a fonte de energia das células.
Basicamente se divide em dois tipos, a diabetes tipo I e tipo II.
Mas antes, uma breve explicação do funcionamento de captação de glicose pelas células.
As células não absorvem a glicose de forma direta, ou seja, a célua "vê" a glicose "caminhando" pelo sangue e diz "Oi, D. Glicose, vem cá!", não, a célula precisa de um "porteiro". E esse papel cabe à insulina, um hormônio produzido pelo pâncreas.
Quando fazemos uma refeição, o cérebro e alguns estímulos nervosos originados no sistemas digestivo, da boca até o estômago, informam ao pâncreas que o corpo está, ou estará recebendo alimento. O pâncreas, por sua vez, começa a produzir e secretar na corrente sanguínea a insulina.
Após a disgestão e absorção dos nutrientes pelo intestino, a glicose entra na corrente sanguínea e neste momento, a insulina atua como um "porteiro", ou seja, conduz a glicose até a porta de entrada das células, como visto na ilustração ao centro da imagem ao lado.
E o que acontece na diabetes?
Na do tipo I, o que ocorre é que o pâncreas não consegue produzir e secretar insulina, assim, a concentração de glicose de eleva no sangue. Para resolver este problema, é que algumas pessoas utilizam as injeções de insulina. (ilustração superior da imagem ao lado)
Já na diabetes do tipo II, o que ocorre é na verdade uma "festa VIP", ou seja, a célula não aceita mais a glicose, a chamada intolerãncia à glicose. Mas não só à glicose, mas também à insulina. Não se tem dados completos sobre o fato, mas tudo indica que num determinado momento, as células passam a rejeitar a glicose e a insulina devido às suas elevadas concentrações no plasma. (ilustração inferior da imagem ao lado)

Obeso, desnutrido?


Essa é uma pergunta que nem sempre se faz em consultórios médicos ou até mesmo de nutrição.
"Um obeso pode estar desnutrido?"
Acredite, é possível encontrar pessoas com obesidade e ainda assim estarem com desnutrição.
O fato se deve ao conceito de desnutrição.
Desnutrição sempre esteve relacionado com estado de inanição, magresa. Mas ele é mais abrangente, ele também se relaciona com as anemias, e quando falo em anemia, não me refiro apenas à anemia ferropriva, falo das diversas anemias (ex. hipovitaminoses).
Então, partindo dessa idéia, de que desnutrição também seriam ausência de determinados nutrientes, podemos dizer refazer a pergunta: "Um obeso pode estar desnutrido?"
Normalmente a obesidade esta relacionada à um aumento na ingestão de carboidratos e gorduras, e nem sempre de alimentos, fontes, ricos em vitaminas e minerais. Desta forma, a baixa ingestão de determinados alimentos acarretará num menor acúmulo, reserva, de nutrientes, podendo assim favorecer o surgimento de alguma deficiência.

terça-feira, 9 de outubro de 2007

Ômega 3 e ômega 6

Talvez este seja um daqueles assuntos que eu gosto de tratar para desmistificar a turma que diz "Comer gordura Dr.? Pode?"
Há um grande número de pessoas que acreditam que comer gordura seja o problema de seus males, sejam eles colesterol alto, triglicerídeos (depois explico porque e como eles aumentam) ou aquele pnezinho irritante (excesso de peso).
De fato, as gorduras podem ser grandes vilões mas somente em determindas condições: qualidade e quantidade.
Mas nesta coluna ficarei restrito à uma determinada qualidade de gordura.
Os ácidos graxos (gorduras) ômega 3 e ômega 6 são dois óleos considerados essenciais, ou seja, o ser humano não tem a capacidade de sintetizá-los e por isso devem ser adquiridos na alimentação.
"E porque são essenciais?"
Porque são necessários, entre outras funções, na manutenção, sob condições normais, das membranas celulares, das funções cerebrais e da transmissão de impulsos nervosos. Esses ácidos graxos também participam da transferência do oxigênio atmosférico para o plasma sangüíneo, da síntese da hemoglobina e da divisão celular.
O ômega 3 auxilia na redução dos níveis de triglicerídeos e colesterol, assim como o ômega 6.

Suas principais fontes são as nozes, castanhas, peixes e óleos vegetais.

Mas cuidado, nunca exagere no consumo, além de possibilitar a redução do colesterol ruim (LDL), também pode reduzir o colesterol bom (HDL). Num primeiro momento ele aumenta o HDL, mas o excesso faz reduzir. Sem contar que há o ganho de peso, pois mesmo sendo muito bom para saúde, não deixa de ser um óleo, gordura, oferecendo muitas calorias.

Taxa Metabólica Basal (TMB)...


Muitas pessoas quando vão ao meu consultório costumam perguntar se a dieta que vão consumir terá 1000 Kcal...500 Kcal... e quando faço toda a avaliação, algumas se surpreendem, pois a dieta apresenta 1900...2000 ou até mais calorias.
E, claro, querem saber porque, e quando cito o termo "Taxa Metabólica Basal" (TMB), muitas ficam com aquela expressão "O quê que ele tá falando?"
Então vamos lá.
TMB seria um índice, um valor mínimo, individual, que mostra, de acordo com nossas características (sexo, idade, altura etc.). O valor da TMB inclui até mesmo a energia que é gasta quando estamos em repouso, dormindo. Sim, até mesmo quando dormimos estamos consumindo energia, obviamente em menor escala, mas estamos. O corpo gasta energia na manutenção da temperatura corporal, na manutenção das funções orgânicas (ex.: o cérebro não pára de funcionar quando dormimos e sua fonte principal de energia provém da glicose disponível no sangue), ou seja, até mesmo no momento mais tranquilo de nossos dias, estamos gastando energia (uma boa notícia para os preguiçosos), mas um gasto irrelevante.
Alguns fatores interferem na TMB, entre eles estão nossos hábitos, nossas tarefas cotidianas, como trabalhar, estudar, fazer atividades físicas, fumar, estar ou não doente etc. E, quando um nutricionista elabora uma orientação nutricional, ele não visa apenas a redução de peso, mas sim o equilíbrio entre o que se é gasto e o que deverá ser ofertado.
A idéia é ter ambos, gasto e consumo em valores iguais ou bem próximos.

segunda-feira, 8 de outubro de 2007

A Pirâmide


Creio que muitos já tenham visto esta imagem em algum momento, talvez alguns não tenham dado muita importância, ou alguns tenham observado, mas não compreendido muito bem, e outros tenham visto e perguntado o que significa a "PIRÂMIDE ALIMENTAR"
A Pirâmide Alimentar surgiu com base em estudos desenvolvidos nos Estados Unidos sobre a alimentação da população. A dieta que estaria fornecendo as proporções ideias de cada grupo alimentar. Ela atua como um guia. Ela possui a idéia de mostrar visualmente como devemos dividir as quantidades que iremos consumir ao longo de um dia.
Sua base consiste na fonte de energia primária do ser humano, os carboidratos. Nela, também encontramos as fibras, presentes nos cereais.
No nível superior seguinte se encontram os vegetais e as frutas, fontes de carboidratos, fibras, mas principalmente, vitaminas e minerais.
No nível seguinte já observamos as fontes de protéinas, carnes, leite e derivados.
Por ultimo observamos o grupo que fornece a maior quantidade de energia, as gorduras e os óleos.
Uma dieta bem equilibrada apresenta em sua composição, atualmente, 60% de carboidratos, 15% de proteínas e o restante na forma de gorduras, 20-30%.
Então você deve estar se perguntando: "Porque as proteínas estão numa proporção menor que as gorduras e na pirâmide não é assim que ela se mostra?"
Lembre-se que nas fontes de proteínas citadas há também a presença de gorduras.

Até a próxima.

sexta-feira, 5 de outubro de 2007

O Búfalo Falou que é Bom... A Vaquinha Falou que Faz Bem...


Leite...
talvez um dos principais alimentos na dieta humana, para algumas pessoas mais...outras..menos.
Seria pouco dizer que a razão se deve ao fato de sermos...mamíferos.
Mas além do fator biológico, uma boa razão esta no fato da riqueza do leite. Sua composição do leite difere largamente de espécie para espécie; por exemplo o leite de vaca tem composição completamente diferente do de cabra, o que qualquer pessoa que provar ambos comprovará.
Diferenças nas composições de nutrientes do leite de vaca e humano:

* Leite humano é ralo e com alto teor de lactose, seu açúcar principal.

* Leite de vaca tem menos açúcar e mais proteína
O leite tem em sua composição: água, gordura, proteínas, lactose e minerais como principais. O leite também é rico em Vitaminas, como a vitamanina "A", "B1" e "B2".
Existem alguns leites que são fortificados industrialmente, ou seja, são acrescidos de algum nutriente (Ferro, Calcio, Vitaminas etc) e também existem os que passam por um processo de "retirada", como o desnatado, que é isento de gordura.
É bom salientar que tanto o leite "fortificado" ou "diet" ou "light"... devem ser ingeridos com alguma orientação. Pois o excesso ou a restrição de nutrientes podem causar prejuízos à saúde.
O importante, sempre, é manter o equilíbrio.

Apenas P.U.S.H.

Uma noite, um homem estava dormindo em sua cabana quando, de repente, seu quarto ficou cheio de luz e Deus lhe apareceu. O Senhor disse ao homem o trabalho que ele deveria fazer para Ele e mostrou-lhe uma grande rocha na frente de sua cabana. O Senhor explicou que o homem deveria empurrar (PUSH) a rocha com toda a sua força. O homem então o fez, dia após dia.
Por muitos anos ele pelejou de sol a sol; com seus ombros escorados na fria e maciça superfície da rocha imóvel, empurrando-a com toda a sua força.
A cada noite o homem retornava à sua cabana aborrecido e sem roupa, sentindo que havia gasto todo o seu dia em vão.
Desde que o homem mostrou-se desencorajado, o adversário (Satanás) decidiu entrar em cena colocando pensamentos em sua mente desgastada. "Você tem empurrado essa rocha por tanto tempo, e ela ainda nem sequer se moveu."
Isso dava ao homem a impressão de que sua tarefa era impossível e que ele era um fracasso. Esses pensamentos desencorajavam e desanimavam o homem. "Por que eu vou me matar tentando fazer isso?", ele pensou. "Eu farei apenas o possível, colocando o mínimo esforço e isso será suficiente."
E era o que ele planejava fazer, até que um dia ele decidiu fazer disso um alvo de oração e levar os seus pensamentos atribulados ao Senhor.
"Senhor", ele disse, "eu tenho trabalhado duro e por muito tempo em Teu serviço, colocando toda a minha força pra fazer aquilo que o Senhor me mandou. Entretanto, após todo esse tempo eu não consegui mover essa rocha por nem um milímetro. O que está errado? Porque eu tenho falhado?
O Senhor respondeu com compaixão: "Meu filho, quando eu lhe disse para me servir e você o aceitou, eu disse que sua tarefa seria empurrar a rocha com toda a sua força, e é o que você tem feito. Eu nunca sequer mencionei que eu esperava que você a movesse. Sua tarefa era empurrá-la. E agora você vem a mim após todo o seu esforço, pensando que você falhou. Mas, será isso realmente verdade? Olhe para si mesmo. Seus braços estão fortes e musculosos, suas costas estão enrijecidas e bronzeadas, suas mãos estão calejadas pela pressão constante, suas pernas se tornaram musculosas e firmes. Pela oposição você cresceu muito e agora suas habilidades superam o que você era antes. Ainda assim, você não moveu a rocha, mas seu chamado foi para ser obediente e empurrar, exercitando sua fé e confiança na minha sabedoria. E isso foi o que você fez. Agora, meu filho, Eu mesmo moverei a rocha."
Às vezes, quando ouvimos uma palavra de Deus, nós tendemos a usar nosso próprio intelecto pra decifrar o que Ele quer, quando na verdade o que Ele deseja é apenas nossa obediência e fé Nele. Em todos os sentidos, exercite a fé que remove montanhas, mas saiba que continua sendo Deus quem as move.

Quando tudo parecer estar errado, apenas empurre - P.U.S.H.!

Quando o trabalho te deixar pra baixo, apenas - P.U.S.H.!
Quando as pessoas não agirem da maneira que deveriam, apenas - P.U.S.H.!
Quando o seu dinheiro parecer ir embora e as contas ficarem, apenas - P.U.S.H.!
Quando as pessoas não compreenderem você... apenas - P.U.S.H.!

P. = Pray (ore)

U. = Until (até)

S. = Something (alguma coisa)

H. = Happens (acontecer)