segunda-feira, 14 de janeiro de 2008

Complicações clínicas da anorexia nervosa e bulimia nervosa


Falar deste tema parece muitas vezes repetitivo, mas sinto que não devo deixar de tocar neste assunto. Não sei se fechamos os olhos e fingimos que não existe ou simplesmente, por ignorância sobre o assunto, deixamos de observar o que nos cerca.
Transtornos alimentares, qualquer pessoa pode ser “vítima”. São doenças intimamente ligadas com a vaidade e, quando esta se torna incontrolável, o indivíduo pode se tornar um alvo fácil para as “más companhia” da vaidade. E, infelizmente, não é só o fato de perder peso que causa preocupação, mas todo o prejuízo que o acompanha.
Hoje falarei sobre isso, as conseqüências clínicas causadas pelos “Transtornos Alimentares”.
Fonte: Complicações clínicas da anorexia nervosa e bulimia nervosa.
Autoras: Carmen Leal de Assumpção e Mônica D Cabral.
Os transtornos alimentares (TA) são acompanhados de várias complicações clínicas relacionadas ao comprometimento do estado nutricional e às práticas compensatórias inadequadas para o controle do peso (vômitos, uso de diuréticos, enemas e laxativos). Muitas destas complicações surgem em decorrência do atraso do diagnóstico e do início do tratamento, pois, muitos pacientes escondem os sintomas e/ou recusam o tratamento. A morbidade e mortalidade associadas aos TA são expressivas.
O exame de um paciente com TA baseia-se na avaliação do estado nutricional e das complicações decorrentes principalmente das práticas purgativas. O exame inclui uma investigação detalhada das alterações relacionadas com a redução do peso corporal, do padrão alimentar atual, da freqüência e da gravidade dos métodos de purgação (se presentes) e da intensidade da prática de atividade física.
A seguir, algumas das complicações decorrentes dos TA.
Neurológicas: Alargamento dos sulcos cerebrais; Dilatação dos ventrículos; Atrofia cerebral (reversível).
Oftalmológicas: Catarata; Atrofia do nervo óptico; Degeneração da retina; Diminuição da acuidade visual.
Endócrinas: Síndrome do eutiroidiano doente; Pseudocushing; Amenorréia, oligomenorréia; Diminuição da libido; Infertilidade; Atraso ou retardo do desenvolvimento puberal; Osteopenia ou osteoporose.
Gastrointestinais: Esofagite, hematêmese (S. de Mallory-Weiss); Retardo do esvaziamento gástrico, redução da motilidade intestinal; Constipação; Prolapso retal; Dilatação gástrica; Alteração da função hepática; Hiperamilasemia; Hipertrofia das glândulas parótidas e submandibulares.
Renais: Cálculo renal; Azotemia pré-renal; Insuficiência renal.
Bucomaxilares e fâneros: Cáries dentárias; Queilose; Ressecamento cutâneo, pele fria e pálida; Hipercarotenemia; Calosidade nos dedos ou no dorso das mãos (Sinal de Russel); Acrocianose.
Pulmonares: Taquipnéia, bradipnéia; Edema pulmonar; Pneumomediastino.
Hematológicas: Anemia, leucopenia, trombocitopenia, neutropenia
Metabólicas e hidroeletrolíticas: Hipocalemia, hiponatremia, hipernatremia, hipomagnesemia, hiperfosfatemia, Hipoglicemia, hipercolesterolemia, Alcalose metabólica, acidose metabólica.
Por estas e outras razões é que devemos estar atentos à qualquer suspeita de transtornos alimentares. Pequenas mudanças de comportamento já são um alerta, como ir ao banheiro logo após uma refeição e provocar vômito, reduzir o consumo alimentar drasticamente, fazer “contas” de quanto comeu entre outros.
ANOREXIA MATA... BULIMIA MATA... CUIDADO!

6 comentários:

Anônimo disse...

Aprendi muito

Unknown disse...

olá, obrigada pelas informações, Ajudou me bastante.

Anônimo disse...

..................

Anônimo disse...

I have read some good stuff here. Definitely worth bookmarking for revisiting.
I surprise how so much effort you set to make this sort of magnificent informative web site.



Have a look at my blog :: graco magnum x5

Eduardo Júnior disse...

Eu quero emagrecer , vou parar de comer ! E pronto !

Eduardo Júnior disse...

Eu quero emagrecer , vou parar de comer ! E pronto !