quinta-feira, 14 de agosto de 2008

Eleições...


Brasileiro sempre teve mania de reclamar dos seus governantes.

Reclamava dos administradores das Sesmarias e das Capitanias Hereditárias; dos governadores gerais e dos imperadores.

Reclamava dos presidentes da Velha República e da República Velha, dos militares, de Sarney, de Collor, de Itamar, de FHC, e, agora, reclama de Lula.

Não reclamaram de Tancredo Neves porque ele morreu antes da posse!

Nas próximas eleições, vamos ter um novo presidente, um novo governador, outros deputados... ou os mesmos!

Mas o povo vai continuar a reclamar.

Sabe por quê?

Porque o problema não está nos deputados, senadores, prefeitos, governadores, presidente, funcionários...

O problema está naquele que reclama: você, eu... nós!

O problema está no brasileiro.

Afinal, o que se poderia esperar de um povo que sempre dá um jeitinho?

Um povo que valoriza o esperto e não o sábio?

Um povo que aplaude o vencedor do Big Brother, mas não sabe o nome de um escritor brasileiro?

Um povo que admira o pobre que fica rico da noite para o dia!

Ri, quando consegue puxar TV a cabo do vizinho!

Sonega tudo o que pode e, quando pode, sonega até o que não pode!

O que esperar de um povo que não sabe o que é pontualidade?

Joga lixo na rua e reclama da sujeira?

O que esperar de um povo que não valoriza a leitura?

O que esperar de um povo que finge dormir, quando um idoso entra no ônibus?

Prioriza o carro ao pedestre?

O que dizer de um povo que elege o Maluf de novo ou elege o Clodovil?

O problema do Brasil não são os políticos; são os brasileiros!

Os políticos não se elegeram, fomos nós que votamos neles.

Político não faz concurso, ganha votos: o seu e o meu!

Páre de RECLAMAR e pense um pouco mais quando escolher seu candidato... do contrário, não reclame depois do seu candidato!

Não RECLAME quando ele votar em causa própria, aumentado o próprio salário, as ajudas de custo, a contratação de parentes e de não-parentes que muitas vezes nunca trabalharam (laranjas).

Não RECLAME que sua rua está ruim, a coleta de lixo deficiente, que faltam médicos no posto de saúde, que seu filho não tem uma boa escola, que faltam professores etc...

Pense bem, escolha seu candidato com consciência e não pelo que ele faz para conseguir seu voto. Avalie a vida dele, os projetos que ele possui. O que mais existe nas Campanhas Políticas são "magos", "bruxos"...gente que promete sempre a mesma coisa: "mais saúde" "mais educação" "eu vou acabar com a corrupção" etc. Mas político com proposta séria...

Pense bem, senão, terá que esperar mais 4 anos, desta vez, de "Bico fechado".

Nenhum comentário: