terça-feira, 28 de outubro de 2008

QUER TOCAR ALGUÉM DE VERDADE?


Alguns amigos me dão a honra e o prazer de poder lhes escrever, alguns, confesso, estou em débito, pois há muito não escrevo, outros não tem do que reclamar.
Fico muito feliz quando encontro pessoas que gostam de receber cartas nos tempos atuais, onde a "rapidez" e o "dinamismo" imperam, sejma por "e-mails" ou "sms", isso, sem contar o MSN, Orkut e afins. E, recentemente encontrei pessoas assim, que aumentaram meu prazer em escrever.
Mas cartas?
Eu acredito que uma das formas mais expressivas para se demonstrar o quanto alguém é importante para mim é escrevendo uma carta.
Porque sou obrigado a dar parte do meu tempo para escrever, parte da minha atenção, por alguns minutos fica inteiramente voltada para o destinatário da carta.
E minha recompensa é apenas saber que o mesmo ficou feliz por recebê-la.
Uma carta é palpável... 
Os românticos até capricham mais...acrescentam gotas de seu perfume predileto...
Declarações que ficam eternizadas em poucas linhas...
Mas que ficam guardadas também no coração.
Uma carta pode mostrar tanto... expressar tanto... que só alguns previlegiados recebem essa dádiva.


E, para aqueles que não tem o hábito, ou pouca motivação, aqui vai uma dica:
Em nosso país há um projeto social que permite a qualquer pessoa enviar uma correspondência por apenas R$0,01! Isso mesmo, 1 centavo de Real.
Como?
A Carta Social.
Para isso, você precisa de:
- um envelope padrão
- escrever sobre o espaço destinado ao CEP do destinatário a expressão "carta social"
- a correspondência não passar de 10g (equivalente à 1 folha de papel sulfite - A4, ou ofício)
- e gostar de escrever

Dedique-se a uma nova atividade em sua vida.
Você não imagina o quanto uma carta pode aproximar você de alguém.

Nenhum comentário: