segunda-feira, 17 de agosto de 2009

Alimentos Termogênicos - Parte II

Hoje gostaria apenas de chamar a atenção para alguns detalhes sobre o post "Alimentos Termogênicos".
No post, alguns alimentos citados de fato podem ter ação termogênicas, por favorecerem um aumento no gasto energético durante o processo de digestão, por exemplo. Mas, cabe ressaltar outros pontos, para que não se crie a falsa ilusão de que estes alimentos são "salvadores".
Falo isso porque sempre surgem "modismos" no que se refere à dietas e, este é mais um exemplo.
Alimentos como o alface, não são totalmente digeridos pelo organismo, o que faz com que o intestino trabalhe mais, mas deve-se levar em consideração o fato de que sendo um alimento rico em fibra, ele aumenta a saciedade, ou seja, faz com que durante a refeição, o indivíduo diminua a ingestão de alimentos. Essa diminuição faz com que a oferta de calorias também diminua.
Então, deixo a pergunta: "O alface faz você perder peso por qual razão: aumento da termogênese ou aumento da saciedade?"
Outro ponto, são os temperos. O consumo indiscrimado de temperos como a pimenta podem aumentar ou até mesmo agravar os riscos de hemorróidas.
Quanto à água, já publiquei a alguns meses um artigo (clique aqui) sobre seu efeito na redução de peso.
O chocolate...bem, se você é um chocólatra, deve ter ficado muito feliz, mas o chocolate também é rico em gorduras, o que provavelmente não é favorável à redução de peso e, a estética, se você sofre com as acnes.
O fato é que não existe uma fórmula milagrosa para se perder peso facilmente.
Cada indivíduo é único e responde de maneira única a cada terapia.
Não há uma dieta universal, há um processo de reeducação alimentar, aquisição de novos hábitos como a prática de atividades físicas e cuidados diários que nos levam a atingir os obejtivos que desejamos.
Se você deseja perder peso, entrar em forma para o próximo Verão que já bate à porta, ainda há tempo.
Inicie uma atividade física. Busque orientação com um profissional qualificado e "corra" atrás dos seus obejtivos.
Procure um nutricionista, faça uma avaliação nutricional e adote a idéia da "reeducação alimentar".
Não perca o foco.
Seu objetivo está mais perto do que imagina.

Até a próxima!

Nenhum comentário: