segunda-feira, 10 de agosto de 2009

Alimentos Termogênicos


Eliminar as gordurinhas por meio da lei do menor esforço.
É esse o anseio de qualquer pessoa que não agüenta mais ter aqueles quilos extras e sofre constantemente para ficar com o corpo perfeito.
Há pessoas que apenas fecham a boca para afinar... É claro que essa tática - quase sempre radical - até funciona, mas não resta dúvida de que pode prejudicar o bem-estar físico e emocional de quem deseja eliminar os quilos extras. Sem falar que é arriscada ao deixar o território aberto para ataques de compulsão.
E melhor que dizer adeus à gordura rapidamente, é acabar com ela sem "fechar a boca" de maneira radical. Pode parecer contraditório, mas comer queima caloria.
Incluir em seu menu diário itens que ajudem a queimar calorias. Pois bem, existem, sim, alimentos com esta capacidade - são os chamados termogênicos.
Esses alimentos possuem um efeito térmico ou termogênese que induzem o corpo a gastar certa quantidade de energia durante o processo digestivo.
Quanto mais difícil a digestão, maior o valor termogênico do alimento e, por conseqüência, maior o gasto de calorias. Por outro lado, o alimento com baixo efeito térmico é consumido mais rapidamente e provoca um aumento no depósito de gordura.
Os termogênicos são responsáveis por cerca de 10% do gasto total de energia. Quando os alimentos possuem condimentos, esse efeito é prolongado ainda mais, fazendo com que mais calorias sejam queimadas. As refeições com adição de pimenta e mostarda aumentam a taxa metabólica significativamente. O frio e a cafeína também estimulam o efeito térmico do alimento.
Entre os principais termogênicos estão: pimenta vermelha, mostarda, gengibre, vinagre de maçã, acelga, aspargos, couve, vegetais fibrosos (brócolis, acelga, couve), laranja, kiwi, cafeína, guaraná, guaraná em pó, chá verde, água gelada, linhaça, gorduras vegetais e, em especial, a de coco, produtos derivados de chocolate e os que contém Ômega-3 (bacalhau, salmão, arenque, sardinha, anchova) e Ácido Linolêico Conjugado (nutriente encontrado na carne bovina, de peru e em alguns laticínios).
Mas cuidado: a quantidade a ser ingerida depende das características pessoais, identificadas após uma avaliação nutricional. O consumo em excesso de determinados condimentos podem causar desconfortos ou até mesmo algumas patologias.
Deixar de comer outros alimentos para ingerir apenas termogênicos não é uma boa idéia. Tal atitude pode impulsionar o consumo excessivo de proteínas e estimulantes. O importante é manter o equilíbrio sempre.

2 comentários:

*Cá* disse...

Olá Rodrigo!
Meu nome é Camila e estou no último ano de nutrição na faculdade UNIBAN - SP. Estou começando o meu TCC e meu tema será termogênicos. Achei muito interessante seu texto e gostaria de saber como faço para achar com mais facilidade artigos sobre esse tema, porque está bem complicado! rs Apesar de eu estar fazendo sobre suplementos termogênicos acho que os alimentos termogênicos tb podem me ajudar. Obrigada!

*Cá* disse...

Ah, mais uma coisa...se puder me responder eu agradeço! Meu e-mail é camila_cp18@yahoo.com.br
Mais uma vez obrigada!