sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

Quais os Sinais e Sintomas da Desidratação em Crianças?

As perdas de água nos indivíduos sedentários ou moderadamente ativos ocorrem de três maneiras principais: sudorese, diurese e perdas fecais.

Entretanto, algumas condições clínicas, como vômitos, diarreia, fístulas digestivas, entre outras, podem levar a perdas hídricas importantes.

A diarréia é uma das patologias mais prevalentes na infância e é causa de mortalidade infantil. Idade reduzida, deficiências nutricionais, práticas inadequadas de higiene física e alimentar, desmame precoce, ausência de saneamento básico nos locais de permanência, estações quentes do ano e acesso a água contaminada favorecem o aumento da incidência da diarreia.

A identificação do estado de desidratação das crianças pelos familiares ou responsáveis é muito importante. Estudo com população de baixa renda analisou a percepção de mães quanto ao estado de desidratação dos filhos e constatou que alguns sinais e sintomas são identificados com maior frequência. São eles: aumento do número de evacuações, vômitos, estado de sede e "olhos fundos". Entretanto, a urina, a umidade da boca e da língua e a elasticidade da pele, após beliscada, praticamente não têm representação para as mães como indicadores de uma situação de maior gravidade.

Autora: Iara Waitzberg Lewinski
Fonte: Nutritotal

Um comentário:

nutritotal disse...

Caro Rodrigo,

Muito bom esse texto. Inclusive foi eu que escrevi!

Sei que sua intenção foi das melhores possíveis, mas já que copiou meu texto do site Nutritotal, poderia ao menos citar a fonte completa, com o endereço eletrônico completo do Nutritotal e o nome da autora.

Saiba que copiar conteúdo sem citar a fonte é uma prática ilegal.

Atenciosamente,
Iara W. Lewinski
Nutricionista