domingo, 20 de fevereiro de 2011

Adoçantes... Cuidado.

Muitos com certeza já provaram algum alimento com um adoçante artificial não é mesmo? Muitas pessoas pensam que o adoçante é uma forma interessante de se reduzir calorias e de ajudar a perder peso. O que se observa na nossa população é que se tem introduzido esta substância cada vez mais na alimentação por achar que é melhor que o açúcar, por não ter calorias, por estar sendo saudável e outro pensamentos. Vocês já observaram que muitas pessoas que estão um pouco acima do peso, ou que estão querendo perder peso que consomem estes alimentos zero açúcar, zero calorias, diet e light sem modificar o hábito alimentar continuam com o mesmo peso?

Vamos desmistificar o poder que o adoçante tem. Irei citar os adoçantes artificiais mais comuns como o acessulfame k, ciclamato de sódio, aspartame e sacarina sódica. O adoçante foi criado pela indústria para substituir o açúcar refinado por este ser um vilão e para dar mais liberdade aquelas pessoas que tanto amam doces e gostam de ter este sabor no dia a dia.

Em vários estudos documentados mostra-se que os adoçantes em geral são codificados pelos mesmos receptores que o açúcar na língua e também no intestino o que leva a uma maior absorção de glicose pelo corpo. A consequência disto é uma elevação na abosrção da glicose e uma maior conversão desta em gordura, ou seja, aumento do peso. Além disto esta maior abosrção da glicose leva a uma elevação na secreção de insulina, o que pode trazer também uma resistência a insulina.

Outro fator é que os adoçantes quase sempre estão associados a alimentos com calorias vazias como os produtos zero, light, diet. E o sabor doce é preditivo ao consumo de calorias do alimento. Este dado quer dizer que mesmo consumindo produtos com zero calorias mas com sabor doce, leva a um maior consumo de calorias porque o corpo não recebeu as calorias que ele "pensou" que havia no alimento com sabor doce consumido. Esta ingestão destes produtos leva então, a uma maior ingestão de alimentos, aumento do peso corporal, adiposidade e diminuindo a compensação calórica.

Estudos também mostram a relação entre insônia e o consumo de adoçantes. Pessoas que consomem adoçantes artificiais tem alterações no sono, dificuldade para dormir. Outros sintomas ligados ao consumo de adoçantes são agitação, irritabilidade, inchaço, dificuldade de concentração, má digestão e aumento na produção de gases.


O Uso Exagerado Faz Comer Mais

Um estudo publicado pela revista “NeuroImage” da Holanda revela que o uso de adoçante faz as pessoas comerem mais. De acordo com a pesquisa, doces e bebidas com adoçante não dão a mesma sensação de prazer dos produtos feitos com açúcar. Desta forma, o cérebro não consegue ser ‘enganado’ e só a glicose causa liberação de neurotransmissores que dão a sensação de bem-estar, como a serotonina.
O estudo avaliou a resposta do cérebro de dez pessoas antes e depois de tomar suco de laranja com açúcar ou adoçante. O resultado foi que tanto a sensação de prazer quanto a vontade de comer doce foi diferente nos dois casos. Apesar de o poder adoçante dos produtos artificiais ser maior do que o do açúcar, a mensagem de que estamos ingerindo algo doce não chega até o cérebro.
As papilas gustativas são sensíveis às fórmulas, mas muitas delas não são metabolizadas pelo organismo e são eliminadas sem serem digeridas. A única exceção se dá com a frutose, derivada de frutas ou mel. Quando metabolizado, o adoçante se transforma em glicose. Sem o prazer proporcionado pela glicose, o consumidor acaba exagerando na ingestão de produtos diet.

Os médicos recomendam que as pessoas que não têm restrição ao açúcar não devem substituir doces por alimentos com adoçantes. Para eles, é melhor porções pequenas de doce ou carboidrato do que comer mais produtos diet para tentar buscar a mesma sensação.

3 comentários:

Ministério da Saúde disse...

Olá, blogueiro(a)!
Através do programa Saúde Não Tem Preço, agora os brasileiros passam a ter acesso gratuito aos medicamentos para controle da diabetes e hipertensão.
Seja nosso parceiro e utilize seu espaço para divulgar esta novidade. Se tiver interesse em colocar algum material da campanha em seu blog, entre em contato com comunicacao@saude.gov.br
Para saber mais sobre a campanha, acesse: www.saudenaotempreco.com
Você também pode nos seguir no Twitter: www.twitter.com/minsaude
Obrigado,
Ministério da Saúde

Ministério da Saúde disse...

Olá, blogueiro(a)!
Através do programa Saúde Não Tem Preço, agora os brasileiros passam a ter acesso gratuito aos medicamentos para controle da diabetes e hipertensão.
Seja nosso parceiro e utilize seu espaço para divulgar esta novidade. Se tiver interesse em colocar algum material da campanha em seu blog, entre em contato com comunicacao@saude.gov.br
Para saber mais sobre a campanha, acesse: www.saudenaotempreco.com
Você também pode nos seguir no Twitter: www.twitter.com/minsaude
Obrigado,
Ministério da Saúde

Ministério da Saúde disse...

Olá, blogueiro(a)!
Através do programa Saúde Não Tem Preço, agora os brasileiros passam a ter acesso gratuito aos medicamentos para controle da diabetes e hipertensão.
Seja nosso parceiro e utilize seu espaço para divulgar esta novidade. Se tiver interesse em colocar algum material da campanha em seu blog, entre em contato com comunicacao@saude.gov.br
Para saber mais sobre a campanha, acesse: www.saudenaotempreco.com
Você também pode nos seguir no Twitter: www.twitter.com/minsaude
Obrigado,
Ministério da Saúde