sexta-feira, 25 de março de 2011

Consumo de Gorduras Pode Influenciar na Adiposidade Infantil

Pesquisadores americanos publicaram na revista The American Journal of Clinical Nutrition um estudo que avaliou o consumo de ácidos graxos durante a gestação e concluiu que as mães que apresentavam aumento no consumo de ômega-3 tiveram filhos com menor adiposidade.

Trata-se de um estudo de coorte que teve o objetivo de avaliar a associação entre as quantidades de ácidos graxos ômega-3 (n-3) e 6 (n-6) presentes na dieta materna e suas concentrações sanguíneas com a adiposidade infantil em crianças de até 3 anos de idade. Os autores trabalharam com a hipótese de que uma maior exposição pré-natal aos ácidos graxos n-3 seria inversamente associada com obesidade infantil.

“Estes resultados sugerem que a maior ingestão de fontes dos ácidos graxos ômega-3 durante o pré-natal estão associados com menor adiposidade na infância. Nesta coorte, como em outras populações da América do Norte e Europa Ocidental, o consumo de alimentos fontes de ácidos graxos ômega-3 durante a gestação ainda está bem abaixo das concentrações recomendadas”, comentam os pesquisadores.

“Estudos anteriores constataram que maior ingestão de ácidos graxos ômega-3 pode estar associada com menores taxas de obesidade e melhor desenvolvimento neurocognitivo. Estudos posteriores deverão fornecer evidências adicionais sobre a contribuição destes ácidos graxos na prevenção de desfechos relacionados com a adiposidade na infância”, concluem.

Autora: Rita de Cássia Borges de Castro
Para maiores detalhes, clique em: Nutritotal

Nenhum comentário: