sábado, 9 de abril de 2011

Falando de Colesterol

Bem, este é assunto que esta sempre sendo debatido. Eu mesmo já postei diversos “posts” tratando do assunto ou ao menos o citei. A verdade é que assim como os triglicerídeos, que hoje tem se levantado como mais “perigoso” que o colesterol, ambos, quando em níveis elevados, sáo perigosos à saúde. Mas, hoje falarei mais um pouco sobre o colesterol.

Clique na Imagem Para Ampliar
Colesterol é um álcool policíclico de cadeia longa, usualmente considerado um esteroide, encontrado nas membranas celulares e transportado no plasma sanguíneo de todos os animais. É um componente essencial das membranas celulares dos mamíferos. O colesterol é o principal esterol sintetizado pelos animais. Não existe colesterol em nenhum produto de origem vegetal.

Hipercolesterolemia, ou seja, colesterol elevado. Se torna preocupanete quando os níveis isolados de LDL estão acima dos níveis aceitáveis (maior ou superior à 160mg/dl). Normalmente, quando este esta elevado, os níveis totais de colesterol também estão (acima de 200mg/dl). Há estudos que indicam que hoje os níveis idéias devem ser menores que os “tradicionais” 200mg/dl, ou seja, deveriam estar entre 160 e 180mg/dl.

A hipercolesterolemia é classifacada em:
  • Branda – Colesterol Total (CT) = 200 – 239mg/dl e LDL = 130 – 159mg/dl;
  • Moderada – CT = 240 – 300mg/dl e LDL = 160 – 219mg/dl;
  • Grave – LDL = superior à 220mg/dl.


Mas, o que leva ao aumento do colesterol afinal? Bem, vejamos alguns casos para aqueles que sofrem de hipercolesterolemia branda.

Causas Genéticas: algumas pessoas demonstram serem mais suscetíveis a concentrações mais altas de colesterol sérico (sanguíneo). Alguns epidemiologistas acreditam que cerca de 50% da variação nas concentrações de colesterol na população geral podem ser explicadas pelo polimorfismo nos genes que influenciam o CT. Isto pode se dar, por exemplo por uma maior formação de lipoproteínas no fígado e, pela baixa captação/remoção do fígado de LDL circulante, provavelmente por ter um número baixo de receptores para a mesma.

Idade: é observado que com o envelhecimento, algumas pessoas apresentam uma redução na atividade dos receptores de LDL.

Obesidade e elevação do colesterol com envelhecimento: a relação ganho de peso e o aumento da concentração de colesterol esta intimamente ligada. Estudos mostram que pessoas na faixa dos 20-50 anos, apresentam elevação nos níveis do colesterol, podendo variar de 40 a 50mg/dl de “ganho”. Porém, se ocorre aumento de peso, estes níveis podem ser bem superiores, já que a obesidade induz a superprodução de VLDL hepática, que é convertida a LDL. Não surpreende que os níveis de VLDL e LDL se elevem concomitantemente com obesidade crescente.

Ácidos Graxos: há duas classes de ácidos graxos da dieta que elevam as concentrações de colesterol: ácidos graxos saturados e monoinsaturados trans. Eles induzem incrementos nas concentrações de CT, principalmente na fração LDL. Alimentos com Ácidos graxos (gordura) saturados: os alimentos de origem animal possuem bastante gordura saturada, especialmente os queijos curados, enchidos, bacon e toucinho, bem como carnes gordurosas e laticínios integrais. Alimentos com ácidos graxos monoinsaturados trans (gordura trans): são alimentos que sofreram hidrogenação das gorduras vegetais, geralmente contidas nos produtos industrializados como sorvetes,batatas-fritas, salgadinhos de pacote e biscoitos.
Clique na imagem para ampliar

E aqui vai uma dica: LEIA OS RÓTULOS DOS ALIMENTOS INDUSTRIALIZADOS QUE VOCÊ COMPRA.

Colesterol Dietético: aumento no consumo de alimentos ricos em colesterol.

Menopausa: observa-se que a diminuição nos níveis de estrogênio leva a um aumento nos níveis de colesterol, já que o hormônio estimula a síntese de receptores de LDL.

Nos casos de hipercolesterolemia moderada e grave, as causas estão muito ligadas aos níveis de receptores de LDL, aumento na síntese e conversão de VLDL em LDL e excessivo consumo de alimentos fonte de colesterol.

Fonte: Tratado de Nutrição Moderna na Saúde e na Doença

Nenhum comentário: