terça-feira, 15 de setembro de 2015

Cafeína Reduz Risco de Câncer de Mama

Um estudo publicado na revista Breast Cancer Research demonstrou que a alta ingestão de café com cafeína pode estar associada a um menor risco de desenvolvimento de câncer de mama em mulheres na pós-menopausa, em comparação ao café descafeinado.

Com o objetivo de verificar a associação entre o consumo de chá e café com o desenvolvimento do câncer de mama, pesquisadores de um importante estudo europeu, multicêntrico e prospectivo (o estudo EPIC, do inglês European Prospective Investigation into Cancer and Nutrition) avaliaram o questionário alimentar de 335.060 mulheres com idade entre 25 e 70 anos.

Os questionários foram preenchidos entre 1992 e 2000 e as mulheres foram acompanhadas até 2010. Nesse período foram diagnosticados 1064 casos em mulheres pré-menopausadas e 9.134 em pós-menopausadas. As análises do consumo de café foram realizadas por subgrupos: com cafeína ou descafeinado.

Bhoo-Pathy e colaboradores observaram que o consumo de café com cafeína e diminuiu o risco de câncer de mama em mulheres pós-menopausadas. Os autores também verificaram que o aumento da ingestão de café com cafeína foi relacionado a um menor risco de desenvolver um tipo específico de câncer de mama, receptor de estrogênio e progesterona negativo (ER-PR-). No estudo, para cada 100ml de aumento na ingestão de café com cafeína, o risco de câncer de mama ER-PR- diminuiu em 4%.

O consumo de chá e de café descafeinado não foram associados com risco de câncer de mama em mulheres pré ou pós-menopausadas, assim como na pré-menopausa, nem o café cafeinado e nem o descafeinado apresentaram associação com o câncer de mama.

Os nossos resultados mostram que a maior ingestão de café com cafeína está associada a uma redução no risco de câncer de mama na pós-menopausa”, concluem os autores.

A seguir, uma tabela com a quantidade de cafeína em algumas bebidas e alimentos.


Abaixo, um quadro que mostra alguns "possíveis" efeitos da cafeína.


Autor(a): Alweyd Tesser
Fonte: Nutritotal

Nenhum comentário: